Portal Amazon News

Conecta você à notícia

2 0

Amargando negativos recordes históricos de criminalidade em sua gestão, o governador do Amazonas, Wilson Lima (UB), reduziu a seis linhas seu projeto para a Segurança Pública em sua proposta de governo registrada na Justiça eleitoral, para um eventual segundo mandato.

O programa se resume à promessa de mais segurança para a população “que habita e/ou orbita (sic) nas cidades” do interior por meio de ações de patrulhamento fluvial; convocar os aprovados do concurso na área de Segurança Pública de 2022 e realizar novo concurso para a Polícia Militar em 2023; e capacitar servidores em telemática, investigação financeira e inteligência e ampliação dos investimentos em novas tecnologias para investigação de crimes cibernéticos.

Neste último ano da atual gestão, Manaus aparece no ranking das cidades mais perigosas do mundo em 2022, no índice de taxa de homicídios por 100 mil habitantes, de acordo com a Statista, empresa alemã especializada em dados de mercado e consumidores.

Em 2021, após registrar um aumento de 54% no número de assassinatos, o Amazonas se tornou o estado com maior taxa de mortes violentas do país. Foram 36,8 vítimas para cada 100 mil habitantes, de acordo com o índice criado pelo G1, em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública e o Núcleo de Estudos da Violência da USP, baseado em dados dos 26 estados e do DF.

Quando se candidatou pela primeira vez, a proposta de governo registrada na Justiça eleitoral com as promessas para a área de Segurança Pública tinha destaque bem maior. Incluia, entre outras coisas, ação a Secretaria de Segurança Pública com a Prefeitura Municipal de Manaus e as empresas de transporte coletivo, para reprimir os assaltos em ônibus; programa de segurança comunitária; prevenção à violência e estímulo à cultura de paz; e fortalecimento do Serviço de Inteligência no combate ao crime organizado e ao tráfico de drogas.

Quase nada foi alcançado. O número de assaltos e roubos a passageiros, cobradores e motoristas de ônibus em Manaus, nos seis primeiros meses de 2022, bateu recordes históricos, de acordo com dados computados pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram): De janeiro a junho de 2022 foram 1.014 casos, um número 25% maios do que no mesmo período de 2021.

E a gestão de Wilson Lima reduziu os gastos nas subfunções orçamentárias de Inteligência (61,6%) e Policiamento (3,7%) , ntre 2020 e 2021segundo os números do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgados em junho deste ano pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Veja a nova proposta de governo de Wilson Lima registrada na Justiça Eleitoral.

CLIQUI AQUI E VEJA:

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
1