24 de janeiro de 2022

Portal Amazon News

Conecta você à notícia

VÍDEO: Motoboy é agredido por policiais durante abordagem

2 0

Policiais Militares de Sergipe lotados no 1º Batalhão, foram flagrados na noite da última terça-feira, dia 20 de Dezembro de 2021, agredindo um motoboy que estava cobrindo a folga de um colega que trabalha na lanchonete, Açaí Mix Self, localizada na Av. Gasoduto no Conjunto Orlando Dantas em Aracaju-SE.

Os policiais dessa situaçãom já são conhecidos “positivamente” pelos seus relevantes serviços realizados de CONBATE AO CRIME, na região do Bairro Santa Maria, zona sul da capital sergipana. Mas, o motoboy nesse episódio não tinha cometido nenhum crime e que mostra as imagens gravadas pelas câmeras de monitoramento.

Os policiais foram induzidos ao erro por causa de uma briga de vizinhos que possuem pontos comerciais de vendas de açaí na referida avenida. “Mas, o excesso existiu e nada justifica a ação truculenta”, destaca a FONTE.

Uma briga entre vizinhos que já dura pouco mais de oito meses, e tudo por conta, de espaços de estacionamento e/ou vendas de açaí. A mulher de prenome Jucilene estaria incomodada com a ousadia dos funcionários do senhor Marcos, que insistiam em estacionar suas motos em frente a sua loja, e por causa disso, seus clientes eram prejudicados e ela, não vendia o seu açaí como deveria.

O caso já está na justiça desde 2020. Enquanto isso, a situação continua a mesma “xingamentos, piadas, reclamações e polícia acionada para resolver os problemas”. Mas na noite do dia 20/12/2021, quem se deu  mal foi o motoboy de prenome, Abraão.  Ele foi abordado, obrigado a colocar as mãos sobre a cabeça, levou  uma arrastada de pernas (quase uma rasteira), tapas na orelha e rosto, e para completar, leves pancadas nos testículos enquanto se preparava para voltar ao trabalho de entregador de lanches.

Os policiais e o comando da Polícia Militar de Sergipe (PM/SE) ainda não se pronunciaram. Mas, tudo leva a crê, que os militares foram informados que o suspeito (motoboy) poderia estar armado e havendo uma revista simples, poderia colocar em risco a vida de quem estava perto e/ou, da própria polícia.

Se realmente os policiais foram induzidos ao erro ao serem informados que o rapaz era uma pessoa perigosa, eles entraram em uma fria. O motoboy estava em seu local de trabalho, desarmado, não reagiu a abordagem e ainda, foi covardemente agredido. Enquanto a senhora que chamou a guarnição, assistiu tudo de camarote e agora, os policiais se deram mal.

O proprietário do prédio, senhor Milton Santos, disse que já não aguenta mais perder clientes por causa de sua vizinha problemática. Ele revelou que o PETSHOP que funcionava entre as duas lojas de Açaí, preferiu fechar as portas e que um dos motivos, seria a sua vizinha que brigava com as pessoas que estacionavam em frente a sua lojinha “ eu estou sem aguentar de perder clientes por causa dessa senhora. Ela se aproveita que o marido é militar da Força Nacional e por ter influências para chamar a polícia a hora que quer e bem entende”, desabafa.

No final da manhã dessa terça-feira, dia, dia 28, antes mesmo do caso ganhar repercussão nas redes sociais, o advogado Dr. Anselmo Junior, acompanhou o motoboy Abraão até a Corregedoria da Polícia Militar de Sergipe, localizada no prédio do antigo SESI, no bairro Santos Dumont em Aracaju. Lá, foi feita a ouvida do rapaz agredido e o vídeo foi apresentado na ouvidoria da PM, a fim de ser tomadas as devidas providências.

Segundo o advogado, o caso estava prestes a não ir adiante, mas a presença de viaturas no açaí da senhora Jucilene e a visita de um policial apaisana no prédio do senhor Milton, deixou o senhor Marcos (dono do Açai Mix), o motoboy e familiares dos dois, bastante preocupados. Com isso, resolveram formalizar as denúncias e publicar os vídeos.

NOTA DA PM  30/12/2021

Nessa quarta-feira, 29, o comando da Polícia Militar de Sergipe tomou conhecimento, por meio de um vídeo divulgado nas redes sociais da capital, das imagens de uma ação policial militar, com cenas fortes e com uma edição que trouxe acusações graves. Diante disso, o Comando da PMSE vem a público afirmar o seguinte:

1 – A diretriz do Governador do Estado, do Secretário de Segurança Pública e do Comandante da PMSE é no sentido de que o policiamento ostensivo realizado pela Polícia Militar de Sergipe seja firme contra o crime e seus autores, nunca contra trabalhadores, que devem e são, em regra, protegidos pelas ações da Corporação.

2 – A Polícia Militar de Sergipe realizou ao longo do ano mais de 800 mil abordagens e fatos como os mostrados no vídeo não refletem a marca de atuação dos milhares de policiais militares que estão nas ruas 24 horas por dia, sete dias por semana.

3 – Como SEMPRE é feito, os fatos já estão sendo devidamente e rigorosamente apurados, não só quanto às imagens, mas também, em relação às denúncias feitas na edição do vídeo.

4 – Por fim, afirmamos que a população pode e deve continuar confiante no trabalho da Polícia Militar de Sergipe, Corporação composta de Homens e Mulheres profissionais, cumpridores das suas obrigações e defensores do povo deste Estado, em conjunto com as demais forças de segurança pública.

Nosso compromisso continuará sendo a segurança dos sergipanos! Deus nos abençoe!

Publicado por: David Richard

VEJA VÍDEO:

Happy
Haha
0
Sad
Triste
5
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
1
Angry
Raiva
17
Surprise
Uau
1