Vídeo mostra mulher nua sendo espancada a pauladas por facção criminosa

Alagoas – Circula nas redes sociais um vídeo de uma mulher nua sendo agredida a pauladas em plena via pública. O fato aconteceu no mês de abril, 8, 2020, no Conjunto 1º de Julho, no bairro do Benedito Bentes, em Maceió, no estado de Alagoas. O motivo da agressão seria a suposta acusação de que ela passava informações à polícia.

Deitada no asfalto, a mulher pede as roupas e nega as acusações que lhes são feitas. Sangrando e aos prantos, ela tem os pedidos recusados. No vídeo, aparecem quatro criminosos que desferem os golpes, enquanto outro grava as imagens. Em nenhum momento, eles se incomodam em ter os rostos filmados.

No vídeo, os homens afirmam que a mulher é “cabueta” – gíria usada para quem repassa informações – e que ela “se faz de doida para cabuetar”. Como forma de tentar evitar as agressões, a mulher deita no asfalto, o que não impede a sessão de tortura.

De acordo com o comandante do 5° Batalhão de Polícia Militar (5° BPM), coronel Coutinho, a polícia tomou conhecimento do vídeo e confirmou o acontecido. Segundo ele, dois homens que aparecem nas imagens já era conhecidos das forças de segurança devido à prática constante de crimes.

No entanto, o coronel disse que, não tomou conhecimento de denúncia formal por parte da vítima, mas que isso não impediu as buscas pelos suspeitos. A mulher não foi localizada nem identificada. Também não foi registrado atendimento médico para a vítima ocorrido no dia.

Atenção! Imagens fortes:

 

Edição: David Richard