Último suspeito de matar mulheres de facção rival é preso em Manaus

Manaus/AM – Na noite da última quinta-feira (29/11), por volta das 20h, um homem identificado como Hudson Araújo de Souza de 22 anos, foi preso por policiais militares próximo a um campo de futebol, no bairro Armando Mendes, zona leste da capital, envolvido em um triplo homicídio no mês de outubro deste ano em Manaus.

De acordo com o delegado Orlando Amaral, titular da Delegacia Especializada  em Homicídios e Sequestros (DEHS), Hudson é o último envolvido no triplo homicídio de Joedson, Emily e Lorena, ocorrido no dia 19 de outubro deste ano, no bairro Armando Mendes, zona leste. Na ocasião, a morte das vítimas foi registrado em aparelhos celulares e divulgada nas redes sociais.

Conforme o titular da DEHS, já foram preso no dia 20 de outubro deste ano por envolvimento no homicídios Paulo Henrique Porfiro de Souza, (19) e Pablo Lima Freitas (22). Um adolescente de 15 anos foi apreendido naquele mesmo dia pela participação nos crimes. O delegado Orlando Amaral ressaltou que Hudson foi localizado e preso pelos policiais militares que o encaminharam até a DEHS, onde foi constatado o mandado de prisão em aberto pelos homicídios.

Na delegacia o infrator relatou que teve a função de torturar as vítimas com chutes e socos antes de serem assassinadas pelo restante do grupo criminoso.

Hudson foi indiciado por homicídio qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis na DEHS, ele será encaminhado ao Centro De Detenção Provisória Masculino (CDPM) onde irá ficar à disposição da Justiça.