Portal Amazon News

Conecta você à notícia

0 0

Manaus – Três toneladas de entorpecentes foram incinerados na manhã desta sexta-feira (5) em Manaus. A última incineração no Amazonas, de cinco toneladas de drogas, ocorreu em fevereiro deste ano. Do material incinerado nesta manhã, 2,5 toneladas eram de maconha e 500 quilos de cocaína, que são oriundos de apreensões da Polícia Civil e Militar em 2019.

A ação foi realizada em uma empresa especializada em Tratamento e Remoção de Resíduos Industriais, na Zona Leste de Manaus.

Era por volta de 9h quando um helicóptero da Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM) passou a sobrevoar sobre a empresa para monitorar o local. Posteriormente, policiais militares chegaram ao local em motocicletas para “limparem” o caminho do percurso das drogas. Eles se posicionaram em frente a empresa, no aguardo do comboio da cúpula de segurança e os entorpecentes.

O comboio chegou ao local por volta de 9h10. Diversos carros da Polícia Civil e Militar acompanharam o caminhão que chegou à empresa com as drogas. Esta é a segunda incineração realizada no ano. Em fevereiro, foram incineradas cinco toneladas, sendo uma de cocaína e quatro de maconha.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, coronel Louismar Bonates, somente em 2019 a polícia apreendeu mais de seis toneladas de entorpecentes.

“Hoje estamos incinerando três toneladas. Dependendo apenas da conclusão do trabalho judicial para incinerar o restante. Três toneladas representa no valor comercial quase 20 milhões que seriam usados pelo mundo do tráfico”, disse.

Ainda conforme o secretário, além da apreensão das drogas realizadas, 600 pessoas foram presas apenas em Manaus suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas no ano. “O que é preocupante é ter mais de 100 menores envolvidos com o tráfico”, completou.

Bonates relatou que irá solicitar a melhoria em condições de trabalho da polícia, tanto civil, quanto militar, para combate contra o tráfico de drogas no Amazonas. Segundo ele, as apreensões são diárias, mas o foco está nos rios do alto e médio Solimões, porta de entrada do tráfico no Amazonas.

A incineração feita pela SSP-AM segue ao longo do dia.

Fonte: G1

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0