Traficante é preso por mata adolescente a pauladas, no Cidade de Deus

Redação
0 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 9 Segundo

Manaus – Suspeito de ter matado um adolescente de 17 anos a pauladas, Jonathan da Silva, 21, foi apresentado na manhã desta terça-feira (1°), na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O traficante confesso foi preso na última sexta-feira (27), mas o crime ocorreu ainda no dia 23 de setembro, no conjunto Parque dos Estados, localizado dentro do bairro Cidade de Deus, na Zona Norte de Manaus.

De acordo com o delegado Raphael Campos, titular da DEHS, Jonathan seria traficante da área, e estaria comercializado droga, quando Rômulo passou, catando latinhas. “Em seu depoimento, o Jonathan confessou o crime, e disse que agrediu Rômulo, porque achava que a vítima era um olheiro de outro concorrente do tráfico”, detalhou.

Jonathan encontrou um pedaço de pau, com um prego na ponta, que supostamente teria sido usado para assassinar Rômulo. O rosto da vítima ficou completamente desfigurado, dificultando o reconhecimento do corpo até pela própria família. “Segundo testemunhas, Rômulo era um adolescente franzino, baixo e que não apresentava riscos, e que morreu de graça ” completou delegado Raphael.

Rômulo não tinha passagem pela polícia, e era usuário de drogas. Jonatham também não tinha passagem, mas confessou envolvimento com o tráfico e responderá pelo assassinato e por tráfico de drogas. Após os procedimentos cabíveis, será levado a julgamento, tendo em vista que o crime já estava sendo investigado, e chegou a indícios contudentes do crime.

Happy
Happy
0
Sad
Sad
0
Excited
Excited
0
Sleppy
Sleppy
0
Angry
Angry
0
Surprise
Surprise
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Caso Raíssa: garoto de 12 anos confessa ter matado menina de 9 anos

Um garoto de 12 confessou, nesta terça-feira (01), ser o autor do assassinato de Raíssa Eloá Caparelli Dadona, 9 anos. Imagens de câmeras de segurança mostram a menina andando com o adolescente, momentos antes de ela ser morta. VEJA TAMBÉM: Menina é encontrada pendurada morta em árvore pelo pescoço Raíssa […]

Obrigado pela visita!