Supermercado é identificado com ligação clandestina em operação policial

Manaus – A Amazonas Energia realizou na última quarta-feira (25), uma operação com a Polícia Civil (DECFS), visando combater e coibir a prática de furto de energia elétrica em um Supermercado, localizado na Av. Autaz Mirim, bairro São José, Zona Leste de Manaus.

Durante a inspeção, foram constatadas duas entradas de energia para o mesmo estabelecimento, onde uma das entradas estava ligada direto e sem medidor, em outra, o medidor apresentou inconformidade técnica e foi retirado para avaliação no laboratório do IPEM-AM, junto aos técnicos do órgão e o Perito do Instituto de Criminalística (IC).

O responsável pelo estabelecimento foi notificado à prestar esclarecimentos, e irá responder criminalmente pelo ato ilícito. O imóvel ficou regularizado com a retirada da fiação extra e a instalação de um novo medidor com Telemedição, e a estimativa do prejuízo causado é de R$ 23.693,96.

O furto de energia e a fraude de medidores são tipificados como crime conforme o código penal brasileiro, artigos 155 e 171. Todos pagam a conta do furto de energia praticado em residências, comércios e indústria. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) inclui nos cálculos da tarifa de energia as perdas por irregularidades. Os efeitos das ligações clandestinas são danosos para todos os consumidores, diversas ocorrências de interrupção de energia são provocadas por esta prática ilegal.