Semsa realiza busca ativa de casos de tuberculose e hanseníase

Redação
0 0
Tempo de leitura:2 Minuto, 45 Segundo

A partir desta terça-feira, 8/5, uma equipe de profissionais de Saúde da Semsa visitará seis aldeias da calha do rio Cuieiras, zona rural ribeirinha de Manaus, para realizar inquérito na busca por casos suspeitos de tuberculose e hanseníase nas localidades. A ação é realizada anualmente pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), em parceria com o Distrito de Saúde Indígena (DSEI – Manaus), para a detecção precoce de doenças entre a população indígena.

Durante quatro dias, os profissionais de Saúde farão a coleta de material para a realização do exame de escarro em pacientes sintomáticos respiratórios – pessoa com tosse por três semanas ou mais, e identificando casos de infecção latente em pessoas que, em algum momento da vida, tiveram contato com pacientes com tuberculose. Também haverá a oferta de exame dermatológico para detecção precoce de casos de hanseníase.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, o inquérito faz parte do Projeto de Enfrentamento da Tuberculose em Municípios Estratégicos, do Ministério da Saúde, iniciado em 2014 em Manaus, e que tem como objetivo apoiar ações inovadoras para o controle da doença em populações vulneráveis, que são aquelas que apresentam maior risco de adoecimento, comparado com a população em geral.

“O inquérito faz parte do trabalho de prevenção que a Prefeitura de Manaus desenvolve, principalmente no cuidado da saúde dos grupos de pessoas que apresentam maior risco para desenvolver doenças ou complicações, como é o caso dos indígenas, das pessoas privadas de liberdade, aquelas que vivem com HIV/Aids ou que estão em situação de rua”, explica Marcelo Magaldi, informando que o trabalho de busca ativa para casos de hanseníase foi inserido no projeto no ano passado.

A execução das ações do inquérito será feita por profissionais do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), com a participação de um médico dermatologista, enfermeiro, técnicos de vigilância e de enfermagem, além da participação da equipe de saúde do DSEI – Manaus.

De acordo com a chefe do Núcleo de Controle da Tuberculose da Semsa, enfermeira Dinah Carvalho Cordeiro, o material coletado para o exame de escarro será encaminhado para os laboratórios distritais da Semsa, que irão realizar o teste rápido molecular para definição do diagnóstico. “O resultado dos exames será repassado ao DSEI para o tratamento e acompanhamento dos pacientes”, esclarece a enfermeira.

O mesmo trabalho, informa Dinah Cordeiro, é realizado em comunidades indígenas da calha do rio Tarumã Açu. Desde 2014, o inquérito já realizou 109 exames para tuberculose em pacientes sintomáticos respiratórios e mais 74 em pessoas com contato de casos suspeitos. Não houve diagnóstico de casos positivos para tuberculose.

“E o inquérito é uma forma de ampliar ainda mais o acesso da população às ações de controle da tuberculose, quebrando a cadeia de transmissão e, assim, evitando o adoecimento”, afirma Dinah Cordeiro.

Em relação às ações para a detecção de casos de hanseníase, no ano de 2017 foram realizados 91 exames dermatológicos em áreas do rio Tarumã–Açu, sem identificação de casos positivos para a doença entre a população indígena, mas foram detectadas e tratadas outras dermatoses.

“O trabalho realizado durante o inquérito também é uma oportunidade para que a Semsa faça uma avaliação da real situação da doença entre essa população específica”, afirma a chefe do Núcleo Controle da Hanseníase da Semsa, enfermeira Eunice Jacome.

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Polícia Militar detém homem por tráfico de drogas em Benjamin Constant

Policiais Militares da 2ª Companhia de Polícia Militar (CPM), sediada em Benjamin Constant (AM), a 1.121 quilômetros em linha reta de Manaus, prenderam ​Rener Lopes Firmim, 28 anos, ​por volta das 23h de domingo (06/05) por tráfico de drogas. Com ele, a polícia apreendeu R$ 430 em espécie, cinco quilos de supostamente pasta base de […]