Seminário discute ética no serviço público na Sefaz-AM



Manaus – Corregedores, ouvidores e outros representantes de mais de uma dezena de órgãos e secretarias do Governo do Amazonas participaram nesta quarta-feira (3), no auditório da Secretaria de Fazenda (Sefaz-AM) do 1º Seminário sobre Ética no Serviço Público.

Promovido pela Corregedoria da Sefaz com o objetivo de disseminar os valores e os instrumentos de regulação ética na administração pública, o seminário também marcou a criação da Comissão Setorial de Ética da Sefaz, desativada desde 2017.

O secretário Alex Del Giglio, que assinou o termo de posse da comissão, falou sobre a expectativa para o trabalho da comissão, que terá como missão resguardar a adequação integral da secretaria ao Código de Ética do Servidor Público, instituído pela lei 2.896/2003.

“As pessoas costumam pensar nas questões éticas como sendo algo abstrato, que não é palpável. Eu acredito que a comissão terá a missão de tornar esse conceito tangível e cada vez mais incorporado à prática diária dos servidores públicos”, declarou o secretário.

Transparência – A corregedora geral da União no Amazonas, Mona Liza Benevides, que palestrou no seminário, destacou a transparência como um dos pilares no exercício do controle social da administração pública.

“A sociedade é quem doa e quem paga os recursos públicos, portanto é detentora do dinheiro aplicado nas políticas públicas. Esse é o feedback (retorno) que a população recebe dos governantes sobre a aplicação dos serviços públicos”, explicou.

Também palestraram no seminário a diretora do Sistema de Correição do Poder Executivo (CGU), Débora Queiroz, e o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE-AM), Érico Desterro, respectivamente sobre “Ética no Contexto Social” e “Controle Interno”.

“Falamos da importância da relação entre o controle interno e a criação de um ambiente ético dentro dos órgãos públicos. Eu parabenizo a Secretaria de Fazenda por essa discussão, por esse momento de criação de um evento como esse”, declarou Desterro.

Deixe seu comentário