Portal Amazon News

Conecta você à notícia

1 0

Brasília – O presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a falar nesta terça-feira (2) sobre o manifesto pró-democracia organizado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). Bolsonarou chamou os signatários da carta de “cara de pau” e “sem caráter”.

“Esse pessoal que assina esse manifesto é cara de pau, sem caráter. Não vou falar outros adjetivos porque sou uma pessoa bastante educada”, disse Bolsonaro durante uma entrevista à Rádio Guaíba.

Entre os signatários estão banqueiros, empresários, intelectuais, artistas e advogados. O documento contou também com a assinatura de ministros eméritos do Supremo Tribunal Federal (STF) e de docentes de diversas universidades do Brasil, como USP, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Universidade Federal de Paraíba (UFPB).

“Tentam me jogar para um lado como se eu estivesse preparando um golpe. Que golpe estou preparando? Qual é o golpe? Pedir transparência eleitoral? Você é contra transparência, contra verdade? Contra a garantia de que seu voto vai para aquela pessoa?”, disse.

O Movimento de Advogados de Direita Brasil lançou um manifesto em apoio ao presidente para se contrapor à carta em defesa da democracia organizada pela USP. Segundo o site da organização, mais de 700 mil pessoas já assinaram o documento.  Na entrevista à Rádio Guaíba, Bolsonaro agradeceu aos autores da iniciativa.

“Nós, o povo brasileiro, na defesa do Brasil e do direito às liberdades do povo, pelo povo e para o povo, e em apoio ao presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro nos dirigimos à nação brasileira, para declarar que sem liberdade não há democracia, sem justiça não há liberdade, sem honra não há respeito, sem dever não há ordem e progresso, sem piedade não há amor e humildade, e sem esperança iremos sucumbir”, diz trecho do documento.

PUBLICADO POR: David Richard

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
1
Surprise
Uau
0