Procuradoria Geral da República recomenda isolamento social mais rígido no AM

Redação
0 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 26 Segundo

Manaus | A Procuradoria-geral da República recomendou ao Governo do Amazonas nesta sexta-feira (22) que endureça as medidas de restrição no estado. Segundo informações da CNN, o documento diz que o governador tem até este sábado (23) para informar se irá acatar a recomendação ou apresentar justificativas para a negativa.

Isolamento sanitário

Segundo a PGR, é preciso promover “o isolamento sanitário mais severo” no Amazonas, “se necessário, com aumento do período de toque de recolher”, até que haja estabilização ou redução do número de novos casos de Covid-19 a ponto de o sistema de saúde voltar a dar conta dos atendimentos.

O documento fala em uso da estratégia de “total isolamento sanitário”.

“Considerando que, diante da insuficiência de vacinas disponibilizadas até o momento, e da inexistência de medicamentos que impeçam a transmissão da doença, a estratégia de total isolamento sanitário é a que se tem mostrado mais eficaz no retardamento da velocidade de propagação da doença, com mitigação dos impactos sobre o sistema de saúde e o número de óbitos”, diz trecho do documento.

Sistema em colapso

O sistema de saúde do Amazonas está colapsado pela segunda vez desde o começo da pandemia do novo coronavírus.

Em Manaus, capital amazonense, não há mais vagas para internação e até mesmo para sepultamentos. O número de enterros de vítimas da Covid-19 na cidade, em janeiro deste ano, ultrapassou a quantidade registrada em todo o ano de 2020.

No ano passado, 1.285 sepultamentos pela doença foram contabilizados, contra 1.333 apenas nos primeiros 21 dias de 2021.

Para piorar a situação alarmante, pacientes estão morrendo por asfixia, pois há escassez de oxigênio — essencial para o tratamento de casos graves da Covid-19.

Publicado por: David Richard

 

Happy
Happy
0
Sad
Sad
0
Excited
Excited
0
Sleepy
Sleepy
0
Angry
Angry
0
Surprise
Surprise
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

David Almeida cria Comissão de Ética para evitar ‘fura-fila’, além de vacinômetro

Manaus | O prefeito de Manaus, David Almeida, reafirmou nesta sábado (23) a transparência no processo de vacinação contra a Covid-19 e não admitirá e nem compactuará com eventuais atos individuais de favorecimento à prioridade definidas pelo Ministério da Saúde para a fila da vacinação. Registra ainda que a construção […]

Obrigado pela visita!