Policial Militar chora após égua da Brigada Militar morrer

A égua Justiceira, do 4º Regimento de Polícia Montada (4º RPMon), morreu após sofrer um mal súbito, no início da noite desta quarta-feira (26), em Porto Alegre.

O episódio ocorreu enquanto policiais militares trabalhavam no entorno do Estádio Beira-Rio, devido ao jogo Inter x Tolima pela Copa Libertadores. O animal tombou próximo ao portão 1 do estádio.

A égua tinha 19 anos, e há 14 anos pertencia ao regimento da corporação.