Portal Amazon News

Conecta você à notícia

0 0

Manaus – Lucas Machado da Silva, 20, foi preso pela equipe do 9º Distrito Integrado de Polícia com a denúncia de extorsão, assalto, agressão e roubo de suas vítimas escolhidas através do aplicativo de relacionamento Grindr, especificamente para gays, lésbicas e simpatizantes (LGBT), na manhã desta segunda-feira (29).

Durante a tarde da última sexta-feira (26), a equipe liderada pelo Delegado Fábio Giovani titular do 9º Distrito Integrado de polícia, estavam monitorando Lucas e obtiveram a informação que ele estaria em um shopping situado Zona Norte de Manaus.

A equipe policial montou campana e efetuaram a prisão do jovem. “No momento da prisão ele realmente estava indo entregar currículos nas lojas do shopping, não houve resistência à prisão, foi direcionado a central. Ao ser questionado sobre o crime, a alegação era que os cometia para poder pagar o aluguel, pois morava apenas com companheiro e não tinham condições de pagar o aluguel” explicou o Delegado.

” Minhas vítimas eram escolhidas pelo aplicativo grinder e de forma aleatória, mas eu só cometi o crime por necessidade, e batia por que algumas vezes eles não queriam me dar o dinheiro ou seus pertences, aí eu precisava agir, fiz isso pelo tempo de um mês, e pegava uma vítima por dia”, contou Lucas.

” Foram apresentadas apenas quatro denúncias , mas tivemos a informação que seriam mais de 30 vítimas , geralmente casos envolvendo crime sexual ,eles não gostam de se apresentar e por isso existe a necessidade da chamada dessas vítimas a delegacia, para que assim possa dar continuidade ao processo” ressaltou o delegado.

Lucas irá responder por roubo majorado ,não passará pela audiência de custódia e seguirá para o Centro de Detenção Provisória Masculino – CDPM.

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0