Polícia Civil recupera veículo roubado no bairro Tarumã, identifica, localiza e pune adolescente que praticou o crime

Manaus/AM – A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 20° Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Valdinei Silva, titular da unidade policial, conduziu coercitivamente até a delegacia, na tarde de quarta-feira (16/5), por volta das 15h, um adolescente de 17 anos, pela autoria de roubo de carro. Na ocasião, os policiais civis recuperaram o veículo em posse do menor infrator.

De acordo com a autoridade policial, a equipe do 20° DIP deu início às investigações após um taxista de 48 anos formalizar Boletim de Ocorrência (BO), comunicando o roubo do veículo dele, da montadora Volkswagen, modelo Fox, de cor prata. O crime aconteceu na última segunda-feira (14/5), na avenida Professor Nilton Lins, bairro Flores, zona centro-sul da capital.

“No dia do crime, o adolescente e outro indivíduo, até o momento não identificado, chegaram até o local onde o taxista estava. Na ocasião, o menor infrator estava portando uma arma de fogo, quando abordou a vítima e anunciou o roubo. Ele exigiu que a vítima entregasse a chave do carro e, em seguida subtraiu o automóvel e o aparelho celular do homem”, explicou Silva.

Conforme o titular do 20º DIP, os policiais civis estavam em diligência na tarde de quarta-feira (16/5) pela Comunidade Parque São Pedro, no bairro Tarumã, zona oeste da cidade, quando avistaram um veículo com as mesmas características do automóvel da vítima. A equipe de investigação do 20º DIP resolveu averiguar quem estava conduzindo o veículo e encontrou o adolescente no interior do carro.

Valdinei Silva ressaltou que o adolescente, ao ser conduzido à delegacia, afirmou, em termo de declaração, ter cometido o roubo. Ele informou, ainda, que iria vender o som automotivo do veículo. O carro já foi devolvido ao dono, conforme a autoridade policial.

O adolescente será levado para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), onde serão realizados os procedimentos cabíveis. O titular do 20º DIP destacou que as investigações em torno do caso continuam, até que o outro indivíduo que participou do delito seja identificado e possa responder criminalmente pelo ato praticado.

Deixe seu comentário