Polícia Civil prende quatro pessoas e recaptura foragido do Compaj envolvidos com o tráfico de drogas na capital

Erlon Rodrigues / Assessoria de Imprensa da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

MANAUS/AM – Os delegados Guilherme Torres e Demetrius Queiroz, respectivamente diretor e diretor-adjunto do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), falaram na manhã desta quinta-feira (29/3), durante coletiva de imprensa, no prédio da Delegacia Geral, sobre as prisões, em flagrante, de Elias Costa da Silva, 29; Genilson da Silva Cunha, 19; Reinaldo Costa da Silva, 24; Susiane Batista de Souza, 36; e do foragido do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) Valci Bentes da Silva Júnior, 28, por tráfico de drogas.

De acordo com o diretor do DRCO, a ação foi deflagrada no início da tarde de quarta-feira (28/3), por volta das 13h, após a equipe do departamento receber delação anônima, feita ao número 181, o disque-denúncia da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), informando que indivíduos estariam comercializando drogas em uma casa, situada no bairro Monte das Oliveiras, zona norte da capital. Em ato contínuo, os policiais civis montaram campana no local, a fim de verificarem a procedência da informação.

“Observamos uma movimentação suspeita na residência onde os infratores estavam e decidimos abordar os indivíduos. Durante buscas no imóvel apreendemos cinco porções de oxi e a mesma quantidade de maconha do tipo skunk, além de 20 trouxinhas de maconha do tipo skunk. No local também encontramos uma tornozeleira eletrônica que pertencia a Genilson, em liberdade provisória pelo crime de roubo”, explicou Guilherme Torres.

O diretor-adjunto do DRCO, Demetrius Queiroz, enfatizou que Valci era considerado foragido da Justiça desde o dia 30 de dezembro de 2017, após deixar de comparecer ao Compaj, onde cumpria pena por roubo, em regime semiaberto. Ele deixou de ir à unidade prisional para assinar a folha de frequência diária dos apenados que cumprem pena no local.

Ao longo da coletiva, Torres ressaltou, ainda, que Susiane assumiu o comando do tráfico de drogas naquela região, após o companheiro dela ter sido preso. “Podemos observar a participação cada vez maior de mulheres no comando do tráfico de drogas em Manaus. Muitas vezes, o envolvimento delas ocorre em razão de vínculo afetivo, normalmente de marido, irmãos e primos, por exemplo, como é o caso de Susiane. Dessa forma, as mulheres veem uma forma de ascensão naquela micro sociedade, que são as organizações criminosas”, complementou.

Elias, Genilson, Reinaldo, Susiane e Valci foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, os infratores serão levados para Audiência de Custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, no bairro São Francisco, zona sul da capital. Logo após a Audiência de Custódia, Valci será reconduzido ao Compaj.

Disque-Denúncia – O delegado Demetrius Queiroz solicita o apoio da população, por meio de delações, sobre práticas ilícitas no estado. A autoridade policial disponibilizou o número (92) 99448-9602, do DRCO, e também o 181, o disque-denúncia da SSP-AM, para contato direto com as equipes policiais. “Asseguramos o sigilo da identidade dos informantes”, garantiu o diretor-adjunto do DRCO.