Polícia Civil prende bando e apreende adolescente envolvidos em latrocínio de vigilante, ocorrido nesta madrugada

Redação
0 0
Tempo de leitura:3 Minuto, 29 Segundo

Manaus/AM – A Polícia Civil do Amazonas, representada pelo delegado Adriano Felix, titular da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd), falou na manhã desta sexta-feira (20/4), às 11h, durante coletiva de imprensa realizada no prédio da especializada, sobre as prisões, em flagrante, do carregador de cargas Eliton Pandura Ramos, 34; Mateus Trindade Sales, 21; Raimundo Freires da Silva Souza, 33, chamado de “Curica”; Rainel Farias Nunes, 39, e Tassio Farias da Silva, 23, por latrocínio ocorrido nesta madrugada, por volta de meia-noite. Durante a ação policial, um adolescente de 17 anos foi apreendido.

Felix informou que Raimundo é o líder do bando e, juntamente com os comparsas Mateus, Rainel, Tassio e o adolescente, foi interceptado na madrugada desta sexta-feira (20/4), por volta das 4h, em via pública, no bairro Educandos, zona sul de Manaus. De acordo com a autoridade policial, o crime ocorreu em uma empresa de transportes de cargas, situada na rua Javari, bairro Distrito Industrial, zona sul. Eliton, que é funcionário da empresa onde aconteceu o delito, foi preso nesta manhã, por volta das 11h50, na avenida Joaquim Nabuco, bairro Centro, zona sul da capital.

Eliton Pandura

Conforme o delegado, os infratores planejavam roubar uma carga de aparelhos eletrônicos, avaliada em R$ 400 mil. Para realizar a ação, eles utilizaram um veículo da montadora Fiat, modelo Strada, de placas JWW-6535; um carro da montadora Volkswagen, modelo Gol, de cor branca e placas PHB-3242, além de um caminhão baú, que havia sido roubado no dia 17 de abril deste ano, no bairro Praça 14 de Janeiro, zona sul.

Material apreendido

O delegado explicou que Mateus, Raimundo, Rainel, Tassio e o adolescente foram surpreendidos pelo vigilante da empresa Charles Frank Silva, que reagiu à abordagem. Nesse momento, Rainel efetuou um disparo de arma de fogo que atingiu a cabeça da vítima, que ainda chegou a ser socorrida e levada ao Hospital e Pronto-Socorro Doutor João Lúcio Pereira Machado, na zona leste, onde foi a óbito logo em seguida. O vigilante tinha 46 anos. Após o homem ser alvejado, os infratores empreenderam fuga do lugar sem levar a carga que pretendiam roubar.

“Estávamos investigando essa associação criminosa após os infratores roubarem um caixa eletrônico do Hospital Psiquiátrico Eduardo Ribeiro, situado na avenida Constantino Nery, bairro Chapada, zona centro-sul. Esse crime aconteceu no 3 de abril deste ano, por volta de 1h. Hoje fomos informados que esses elementos haviam cometido outro delito e, a partir disso, localizamos os indivíduos e logramos êxito na abordagem”, argumentou Felix.

Organização Criminosa – Ao longo da coletiva o delegado Adriano Felix ressaltou que Eliton teria repassado informações privilegiadas aos comparsas sobre a estrutura e movimentação da empresa. “Nessa situação eles não subtraíram nenhuma quantia. Já no roubo ao hospital psiquiátrico, o bando quebrou o caixa eletrônico e retirou R$ 120 mil em espécie do local. Essa ação criminosa foi coordenada de dentro da Unidade Prisional do Puraquequara (UPP) por Álvaro Terço Ralph, 33, que cumpre pena por roubo no local em regime fechado”, relatou o titular da Derfd.

O delegado informou, ainda, que a quadrilha efetuou, diasapós ao roubo no hospital, um furto a uma loja de tecidos situada no bairro Praça 14 de Janeiro, de onde subtraiu uma quantia não divulgada em dinheiro.

Reincidente – Em consulta ao Sistema Integrado de Segurança e Pública (Sisp) foi verificado que Raimundo já tinha cinco passagens pela polícia por roubo e furto. “Ele saiu de unidade prisional há um mês, onde cumpria pena por furto e ainda faz uso de tornozeleira eletrônica”, disse Felix.

Flagrante – Eliton, Mateus, Raimundo, Rainel e Tassio foram autuados em flagrante por latrocínio, corrupção de menores e associação criminosa. Eles ainda serão indiciados pelo roubo e furto cometidos. Ao término dos procedimentos cabíveis na especializada, eles serão levados para Audiência de Custódia, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul. O adolescente irá responder por ato infracional análogo aos crimes de latrocínio e associação criminosa. Após os trâmites legais, ele será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Com investimento do FPS, produtores de Novo Remanso passarão a vender seus produtos em polpa

Com a chegada de uma câmara frigorífica com capacidade de armazenamento de até 70 toneladas, os produtores da comunidade Novo Remanso, em Itacoatiara, município localizado a 170 quilômetros de Manaus, poderão vender seus produtos em polpa. O investimento foi entregue na manhã desta sexta-feira (20/04), pelo Fundo de Promoção Social […]