“Pedi para ele não sair de casa”, conta mãe de jovem morto após ser chamado por amigos

Redação
2 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 11 Segundo

Manaus | O adolescente Hilário Oderico Jesus Guimarães Macedo, 17, foi morto a tiros na noite desta quinta-feira (1), na Rua Itamar Franco, bairro Jorge Teixeira, zona leste de Manaus. Ele respondia em liberdade pelo ato infracional de tráfico de drogas.

De acordo com o tenente Estevão, da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), que atendeu a ocorrência, o crime aconteceu por volta de 22h, quando a vítima teria sido chamada por amigos na rua.

“Segundo relato de populares e também familiares, a vítima estava dentro da sua residência, quando foi chamado por um amigo. A mãe dele ainda tentou impedir que ele saísse, mas o jovem não quis obedecer e saiu de casa. Alguns minutos depois ela foi informada que o filho tinha sido vítima de arma de fogo”, disse.

Ainda segundo o tenente da 30ª Cicom, um homem de 30 anos que estava voltando da igreja, foi atingido no pé por um dos disparos. Ele foi socorrido pelos populares e levado para o Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Platão Araújo e não corre risco de morte.

Familiares de Hilário informaram aos policiais militares que ele estava respondendo em liberdade pelo ato infracional de tráfico de drogas, o que foi confirmado pela 30ª Cicom, que foi quem apreendeu o adolescente.

O caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS). O corpo foi removido pelo Instituto Médico Legal (IML).

Publicado por: David Richard

 

Happy
Haha
1
Sad
Triste
8
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Grr
0
Surprise
Uau
1
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Fuzis, pistolas, submetralhadora e munições são apreendidos pela ROCAM

Equipe das Rondas Ostensivas Cândido Mariano (Rocam) capturou, nesta quarta-feira (31/03), um foragido da justiça e apreendeu várias armas de fogo, placas balísticas e munições de diversos calibres na zona Leste. A ação foi por volta das 15h30, durante patrulhamento, quando os policiais na viatura 2332 receberam uma denúncia via […]

Obrigado pela visita!