Para comemorar a Páscoa, atletas participam da campanha ‘Taekwondista Sangue Bom’ e doam sangue em Manaus

A Federação de Taekwondo do Estado do Amazonas (FTKDAM) realizou na manhã desta segunda-feira (02/04) a Campanha “Taekwondista Sangue Bom”, onde levou 16 atletas federados para doação de sangue no Hemoam, Avenida Constantino Nery, zona centro-sul de Manaus. O Ato, segundo a presidente da Federação Ítala Rodrigues, surgiu em comemoração ao dia da Páscoa e pela necessidade que se tem sempre de doadores.

Segundo Ítala, os atletas fizeram exames médicos e estão todos com a saúde em dia e com alto grau de aptidão para doar sangue. “Nós fizemos essa campanha para celebrar a Páscoa que simboliza vida nova, onde a vida venceu a morte. Então, foi na doação de sangue que encontramos o gesto para ajudar pessoas a recuperar e melhorar a qualidade de vida e ter sua saúde de volta. Eles são atletas da seleção, fizeram exames e na prática diária do esporte, estão sempre com saúde, isso nos dá essa oportunidade. Estou feliz porque a campanha já chegou a outros Estados e tem mais pessoas aderindo e espero que cresça ainda mais” comentou.

O atleta Conrado Ramos, 26, que é doador desde 2010, fez a doação em nome de um paciente e afirmou que foi um ato de amor. “Esse ato é muito importante, eu posso falar disso com muita propriedade, pois já faço doação há muito tempo. Reunir, hoje, aqui e fazer essa doação em conjunto, representa muito porque doação de sangue, é fazer o bem sem olhar a quem. Cheguei aqui e uma pessoa veio comigo e pediu para eu doar em nome do parente dela, e eu farei porque, acima de qualquer coisa, a gente ajuda a salvar vidas com esse ato de amor ao próximo”, disse.

Doando pela primeira vez, o Faixa preta 1º Dam, Cristian Henrique da Silva, 29, que pratica a modalidade há 21 anos, ressaltou que essa ação entre os atletas colocou em ação o que o esporte ensina que é o respeito e dedicação. “Esse projeto é muito importante. Estamos na Páscoa e Páscoa é amor. O amor não é apenas falar, é praticar e, a partir do momento que a gente vem aqui para doar sangue, nós praticamos o amor. O Taekwondo nos ensinou isso, a ter educação, respeito e amar o próximo. Esse ato é, sem dúvida, um ato de amor ao próximo”, pontuou.