Pai dopava a mãe para estuprar as filhas; bebê teve vagina dilacerada

Redação
0 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 25 Segundo

Manaus – O servidor público Rafael de Castro Nery, de 38 anos, foi preso, na manhã desta terça-feira (16), suspeito de estuprar a própria filha, de apenas 10 meses, e a enteada de 12 anos. O crime aconteceu no município de Tefé, mas ele foi preso na comunidade Valparaíso, na Zona Leste de Manaus, onde estava escondido.

A prisão foi realizada pela equipe do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Segundo o delegado Márcio André, titular da unidade policial, Rafael estava foragido desde outubro de 2019.

“Ele já foi denunciado pelo Ministério Público do Amazonas (MP-AM) por estupro de vulnerável da enteada e a própria filha, de apenas 10 meses. Foi por meio de diligências que conseguimos localizá-lo na casa da irmã dele, na comunidade Valparaíso”, disse o delegado.

Ainda segundo o delegado, existe a possibilidade de que a irmã de Rafael teria conhecimento do crime, pois estava o acobertando. Ele saiu de Tefé alegando que iria realizar um procedimento cirúrgico no olho.

Segundo Márcio André, a decisão de Rafael fugir para Manaus foi influenciada pelo próprio advogado dele. Entretanto, a fuga foi fortemente divulgada em Tefé e ele passou a ser procurado.

Barbárie

As investigações, segundo o delegado, apontam que Rafael dopava a mãe das crianças para poder cometer os estupros dentro da própria residência.

O suspeito estuprou a enteada e a bebê no mesmo dia. Devido aos estupros, a bebê teve as partes íntimas dilaceradas, segundo a polícia.

De acordo com o delegado Márcio André, a prisão de Rafael será comunicada ao juízo de custódia de Manaus, que irá deliberar acerca da manutenção ou não da prisão e, posteriormente, o cumprimento do mandado de prisão será informado ao juízo de Tefé.

Happy
Happy
0
Sad
Sad
0
Excited
Excited
0
Sleepy
Sleepy
0
Angry
Angry
0
Surprise
Surprise
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Adolescente de 14 anos morre afogado em lago no bairro Tarumã

Manaus – O corpo do adolescente José Jan Carlos Cardoso, de 14 anos, foi encontrado no fim da tarde desta terça-feira (16), no Lago Verde, localizado no bairro Tarumã, na Zona Oeste de Manaus. O menino estava em uma tarde de lazer com amigos quando acabou submergindo e desaparecendo nas águas. Conforme informações […]

Obrigado pela visita!