Nove são presos em operação contra o tráfico em Parintins



A operação Parintins, deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP/AM) com apoio da Polícia Civil e Polícia Militar, resultou na prisão em flagrante de sete pessoas por envolvimento com o tráfico de drogas. Ao todo, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (26/06) em cinco bairros do município.

Foram presos, em flagrante, por tráfico e associação para o tráfico, Gilson de Oliveira Lima, 29; Jarliel Almeida dos Santos, 27; Jonilson Souza da Silva, 21; Jacineide Simas de Souza, 38; Andressa Almeida dos Santos, 18; Ellen do Carmo Ferreira, 33; e Amadeu de Jesus Lima Soares Júnior, 18.

Outros dois homens foram presos por inadimplência de pensão alimentícia. A segunda fase da operação Parintins focou no combate ao tráfico de drogas doméstico. Ao longo dos últimos 30 dias, equipes da Polícia Civil investigaram denúncias de bocas de fumo feitas pela população através do Disque-Denúncia 181, da Secretaria de Segurança. O serviço funciona 24 horas por dia, é gratuito e as denúncias podem ser feitas de forma anônima.

Foram apreendidos, aproximadamente, um quilo de entorpecente, entre maconha e cocaína, além de R$ 480 em espécie, uma motocicleta suspeita de ser fruto de roubo e um notebook.

De acordo com o secretário de segurança, coronel Louismar Bonates, com a operação Parintins, as forças de segurança finalizam a primeira etapa de operações no município, com um resultado de 22 presos e 35 mandados de busca e apreensão cumpridos. “Nós vamos continuar com a operação presença, além de ações pontuais para garantir a segurança da população parintinense durante e depois do festival”, afirmou.

Na tarde de hoje, às 16h, o governador Wilson Lima lançará a Operação Parintins 2019, com a estratégia de segurança para o Festival Folclórico. Mais de 900 servidores públicos, entre policiais civis, militares e bombeiros estão envolvidos.

Segundo o comandante da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, pela manhã, foram empregados 42 militares, que auxiliares os policiais civis nas diligências nos alvos.

O delegado-geral da Polícia Civil, Lázaro Ramos, afirmou que a operação foi um sucesso. “Essa foi uma determinação do governador: fazer as operações não somente na capital, mas também no interior do estado. Então estamos desenvolvendo as ações policiais nas cidades divididas pelas calhas do Rio”, comentou.

Os presos na operação foram encaminhamos a Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins, onde foram autuados pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Eles passaram por exame de corpo de delito na delegacia e as drogas também foram periciadas pelos peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica (DPTC).

Segurança – Mais de 90 policiais militares e policiais civis participaram da operação conjunta e cumpriram os mandados. Somente esse mês já foram cumpridos 35 mandados em Parintins, com o objetivo de trazer mais segurança e mitigar as ações do tráfico de drogas.

Deixe seu comentário