Mutirão de limpeza é realizado no bairro Lírio do Vale

Manaus – Para recolher entulhos, limpar os igarapés e desarticular lixeiras viciadas, 108 agentes de limpeza da Semulsp atuam em três frentes de serviço, nesta semana, no bairro Lírio do Vale, na zona Oeste da cidade.

A ação é coordenada pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp). “O mutirão é um dos serviços mais importantes da Prefeitura, porque ajuda a população a se livrar de materiais inservíveis de forma correta, evitando a formação de lixeiras viciadas e a contaminação dos igarapés da cidade”, comentou o secretário de Limpeza Urbana, Paulo Farias.

A moradora da antiga rua 9, Isabel Rosilene, ouviu o alerta do sistema de som da Semulsp sobre a passagem das equipes e colocou para fora de seu terreno uma cama velha. “Sinto alívio por me livrar do entulho, sem prejudicar a rua ou os igarapés”, comentou.

Outra moradora do Lírio do Vale, Aracy Costa, elogiou o trabalho e já estimula os vizinhos a manterem a limpeza após a passagem da Prefeitura. “Sou moradora do bairro desde que ele foi criado. Sempre converso com os vizinhos e procuro incentivar bons hábitos. Devemos, sim, prezar pela limpeza das nossas ruas”, disse.

Nos últimos dois meses, a Semulsp realizou mutirão de limpeza em diversos locais, entre eles os parques Residencial Jefferson Peres (Morro da Liberdade, zona Sul); Mestre Chico (Praça 14, zona Sul); Prosamim do Cajual (Morro da Liberdade, zona Sul); Residencial Liberdade (Betânia, zona Sul); Residencial da Raiz (zona Sul); Gilberto Mestrinho (Cachoeirinha, zona Sul); Residencial Manaus (Praça 14, zona Sul); Residencial Gilberto Mestrinho (Cachoeirinha, zona Sul); bairro Santo Agostinho (zona Oeste); Conjunto Morada do Sol (zona Centro-Sul), Santos Dumont e Adrianópolis (zona Centro-Sul).

Igarapé

Paralelamente ao serviço de mutirão de limpeza, aproximadamente 40 trabalhadores da Semulsp estão mobilizados para limpar o igarapé da rua Vale do Sol, situado também no bairro Lírio do Vale. “É sempre mais produtivo entrar nos bairros com o serviço completo. Alcançamos mais áreas e sensibilizamos mais pessoas”, explicou Paulo Farias.

No local, as equipes devem percorrer 200 metros de rip-rap com a limpeza do leito do rio e encostas. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), há quase 23 mil moradores vivendo no Lírio do Vale.