Portal Amazon News

Conecta você à notícia

0 0

Uma policial penal de 44 anos morreu após ser picada por uma cobra jararaca, na última segunda-feira (25), em Campo Verde, a 139 km de Cuiabá (MT). Luciene Pedroza Moreira Santos foi socorrida, mas não havia soro antiofídico no hospital municipal. A agente de segurança ainda chegou a ser transferida para Rondodonópolis, onde ficou internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O Sindicato dos Servidores Penitenciários de Mato Grosso (Sindspen-MT) informou que o acidente ocorreu no último dia 20 de abril, enquanto Luciene recolhia roupas no varal instalado no quintal do sítio da família.

Segundo o marido dela, que também é policial penal, a mulher foi levada ao Hospital Municipal de Campo Verde e tomou apenas um remédio receitado pelo médico do plantão, já que não havia o soro antiofídico.

“Levaram para Rondonópolis. Com esse lapso de tempo, até tomar o soro, a situação dela se complicou, vindo a parar os rins e formar coágulos no cérebro”, detalhou.

O Hospital Regional confirmou que a paciente teve complicações renais por causa do veneno e precisou de um leito de UTI para fazer hemodiálise. Com o quadro agravado, a policial foi submetida a uma cirurgia para remoção de um coágulo, mas não resistiu ao procedimento.

“Neste momento de imensa tristeza, desejamos a todos que compartilhavam de sua vivacidade, alegria e humildade nossos sinceros sentimentos de pesar”, lamentou o Sindspen em nota.

Publicado por: David Richard

Happy
Haha
0
Sad
Triste
6
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0