Mulher é morta com golpes de martelo na cabeça e estuprada no Mutirão

Redação
1 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 4 Segundo

Manaus | Uma mulher, identificada até o momento apenas como Ana, e pelo apelido de “Onça”, foi morta e teve o corpo jogado em um igarapé, localizado nas proximidades da Feira do Mutirão, na Zona Norte de Manaus. O cadáver dela foi encontrado na manhã desta segunda-feira (5). A polícia acredita que a vítima pode ter assassinada a tiros.

Testemunhas informaram que durante a madrugada, por volta das 2h, homens invadiram a área próxima ao igarapé, onde a mulher, que é moradora de rua, ficava em um abrigo improvisado.

Após algumas horas, foram ouvidos tiros na localidade e durante a manhã o corpo da mulher foi localizado submerso.

O local foi isolado por policiais militares da 14ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), até a chegada dos demais órgãos competentes.

O Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) também foi acionado para atuar no resgate, pois o local do encontro de cadáver era de difícil acesso.

Equipes da perícia identificou que a vítima sofreu marteladas na cabeça e vão pedir exames para um suposto abuso sexual.

“O exame de  necropsia vai identificar mais detalhes sobre causa morte e  para saber se houve abusos sexuais”, explicou  o delegado Guilherme Antoniazzi da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros  (DEHS), que investiga o caso.

Publicado por: David Richard

 

Happy
Haha
1
Sad
Triste
13
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Grr
0
Surprise
Uau
1
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Sem saber de gravidez, jovem dá à luz após dores abdominais: ‘Pensei que era gastrite’

A jovem Ana Melissa da Cruz, de 18 anos, deu à luz ao segundo filho na manhã deste sábado (3), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre, após procurar atendimento médico por causa de dores abdominais e descobrir a gravidez na hora do […]

Obrigado pela visita!