Moradores da comunidade Monte Horebe protestam contra mandado do TJAM

(Foto: Layena Magalhães/Divulgação)

Manaus – Moradores da comunidade Monte Horebe, localizado na zona norte da capital, manifestaram em frente ao Ministério Público do Estado do Amazonas (MPAM), na manhã desta quinta-feira (6), em protesto contra o mandado de citação e intimação dada pelo Tribunal de Justiça do Amazonas.

A manifestação aconteceu em frente à sede do órgão, localizado na Avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, zona centro-oeste. No local, estiveram presentes representantes da Associação dos Povos Indígenas do Amazonas.

De acordo com uma moradora da comunidade, identificada como Andressa Soares, a intimação foi entregue nesta quarta-feira (5), para que os moradores deixassem o local em um prazo de 72 horas, sendo que na documentação entregue pelo Tribunal de Justiça consta um prazo de 15 dias para que os ocupantes deixem a área.

“Não temos para onde ir. Nossos filhos estão todos matriculados, então não podemos sair de lá. Queremos pedir às autoridades competentes que revoguem esta intimação e resolva nossa situação, pois também temos família e infelizmente pagamos pelos atos ilícito dos criminosos que moram naquela região”, disse Andressa.

Fonte: D24am