Manifestação Pró Bolsonaro em Manaus acontece neste Domingo (14)

(Foto: Divulgação)

Manaus – O Direita Amazonas, movimento de apoio á gestão presidente Jair Messias Bolsonaro, promove neste domingo (14), uma carreata com saída do auto posto BR, situado na Avenida das Torres, a partir das 15h. O comboio percorrerá as principais vias de Manaus até o anfiteatro da praia da Ponta Negra para chamar a atenção e pedir apoio da população para retomada integral da atividade econômica.

”O evento está legalizado. Enviamos ofício e fomos autorizados pela Polícia Militar e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana [Manaustrans] para percorrer as principais avenidas. Será similar ao que fizemos no dia 15 de março. Não tem cunho partidário, mas queremos relembrar e reforçar para população que o presidente Bolsonaro estava certo ao propor o isolamento vertical (somente para os grupos de risco). Não precisava fechar tudo, deveria ter havido flexibilização”, afirmou o presidente do Direita Amazonas Aroldo Filho.

Os organizadores distribuíram panfletos no cetro da cidade e na Rua do Fuxico (conhecida da área comercial, localizada na Zona Leste de Manaus) para os comerciantes que atuam nestes locais.

”Ouvimos muitos relatos de empresários que foram obrigados a demitir porque perderam o faturamento e, mesmo com reabertura do segundo ciclo de negócios determinada pelo governo estadual, não têm esperança de recuperar as perdas em curto espeço te tempo. Precisamos reforçar a autoestima dos comerciantes que estão inseguros de perspectivas” relatou Aroldo Filho.

VEJA TAMBÉM: Segundo ciclo de reabertura do comércio em Manaus inicia na segunda-feira

2• Ciclos

Nesta segunda-feira (15), inicia o segundo ciclo de reabertura dos estabelecimentos comerciais. Estão autorizados pelo governo estadual a reabrir as portas com a adoção de medidas sanitárias:

Segundo ciclo de reabertura – a partir de 15 de junho

#Restaurantes, cafés, padarias, fast-food e self-service, para consumo no local, com lotação máxima de 50%, brinquedotecas fechadas e funcionamento no máximo até 22h e às 23h, não podem mais ter clientes;

#Atividades esportivas individuais ao ar livre;

#Lojas de informática, comunicação, telefonia e materiais e equipamentos fotográficos;

#Lojas de brinquedos;

#Livrarias e papelarias;

#Lojas de departamento e magazines;

#Comércio de cosméticos, produtos de perfumaria e de higiene pessoal;

#Lojas de eletrodomésticos, áudio e vídeo;

#Comércio de animais vivos;

#Comércio de bijuterias e semi-joias;

#Comércio especializado de instrumentos musicais e acessórios;

#Comércio de equipamentos de escritório;

#Escritórios contábeis;

#Escritórios de imobiliárias (stands de venda, não);

#Assistência técnica de eletrônicos, eletrodomésticos e demais itens;

#Bancas de jornais e revistas em espaços internos.