Mais de 500 vias de Manaus já foram mapeadas pelo programa ‘Requalifica’

(Foto: Diego Caja/Seminf/Divulgação)

Manaus – Em suas quatro etapas, algumas já concluídas e outras em execução, o Programa de Requalificação Urbana e Viária de Manaus, o ‘Requalifica’, já mapeou até o momento mais de 500 vias da cidade. “Manaus nunca viu um volume de obra tão grande. É, sem dúvida, o maior programa de recapeamento já realizado na capital”, afirma o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que na próxima segunda-feira (10) fará um balanço dos seus sete anos de mandato, durante a abertura do ano legislativo 2020 na Câmara Municipal de Manaus (CMM).

Somente pelo Requalifica 1, já finalizado, foram 205 vias e 100 quilômetros de novo asfalto aplicado em quatro lotes de obras. Ainda estão em execução o Requalifica 2, que deve alcançar outras 95 ruas, e o Requalifica 3, que segue atendendo a programação de 121 vias.

Recentemente, a Prefeitura de Manaus também deu início ao Requalifica 4, que contempla mais 165 vias e que começou no bairro Puraquequara, onde será recapeada uma extensão de 15 quilômetros da estrada que se estende da bola do Armando Mendes até a entrada da vila.

“Nossas ações têm priorizado os corredores viários do transporte coletivo, melhorando a trafegabilidade e a qualidade da viagem para milhares de passageiros, que fazem uso diário dessas rotas. Nas vias transversais estamos entrando com o programa de tapa-buracos, que já soma R$ 200 milhões em recursos, para serem aplicados na recuperação das vias que não forem atendidas pelo Requalifica, o que é muito importante para infraestrutura dentro dos bairros”, explica o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), Kelton Aguiar.

No bairro Parque 10 de Novembro, zona centro-sul, vias como Maneca Marques, Carlota Joaquina, Darcy Vargas, Ivanete Machado e professor Samuel Bechimol receberam investimentos na infraestrutura viária. “Estava viajando e na volta fui surpreendido com o excelente trabalho de infraestrutura no meu bairro. Ruas totalmente novas, sinalizadas corretamente, que nos dão conforto e segurança. Eu que passo o dia dirigindo senti a diferença”, conta o motorista de aplicativo Paulo Sampaio, morador da área.

Além da zona centro-sul, pontos como a Avenida Belo Horizonte, no bairro Ouro Verde; Visconde de Santa Cruz, Cidade Nova, Monsenhor Coutinho e Avenida Ayrão, no Centro, também estão com os serviços em andamento.