Mãe devolve gêmeos adotados após engravidar: ‘Não conseguia amá-los’

De acordo com uma matéria publicada pelo site Actitudfem, uma mãe identificada com Ali Sanders revelou recentemente que ela e o marido, Michael, adotaram gêmeos idênticos, depois que descobriram que não podiam ter seus próprios filhos.

Depois de serem aprovados para adotá-los, Ali e Michael passaram seis semanas seguintes se relacionando com os meninos de 8 meses, visitando-os em seu lar adotivo e preparando a casa para se preparar para a chegada dos bebês.

No entanto, em vez de ficar animada com a adoção dos bebês, Ali sentiu que não estava se relacionando com eles tanto quanto Michael.

Rezei para que eles não acordassem, porque isso significava que eu tinha que fingir que era uma boa mãe“, disse a mulher.

Mesmo depois de levar os dois meninos para casa, Ali ainda não sentia uma conexão com as crianças, provocando preocupação do marido, que pediu que ela fosse ao médico porque achava que algo estava errado.

No consultório médico, ela foi convidada a fornecer uma amostra de urina para um teste. O médico voltou com os resultados, relatando que ela estava grávida.

Eu disse:” Eu simplesmente não posso estar “e ele (o médico) perguntou:” Por quê? “Eu disse: “Porque somos inférteis e acabamos de adotar bebês gêmeos“.

Tecnicamente, Ali e Michael ainda não adotaram oficialmente os gêmeos, pois o processo não foi completamente finalizado.
Depois de confirmar a gravidez de Ali, o casal decidiu adiar a adoção e devolveu os gêmeos ao seu lar adotivo.

De acordo com a mulher, a única vez que ela sentiu alguma coisa pelos gêmeos foi quando ela devolveu os bebês para o lar adotivo. Porém, devolvê-los era o maior gesto de amor que ela poderia fazer por eles.

Embora o casal não tenha sido autorizado a entrar em contato com os meninos, eles ficaram felizes ao descobrir que foram adotados por outra família.