Homem mata esposa após briga por auxílio emergencial de R$ 600

Um homem foi preso suspeito de matar a mulher, de 32 anos, em Belém do Pará. Uma briga, iniciada por conta do benefício do auxílio emergencial de R$ 600, pode ter motivado o crime. Evilane Bessa da Silva, de 32 anos, foi morta a facadas. O suspeito, o marido de 28 anos, foi preso.

Segundo a polícia, imagens da câmera de segurança de um estacionamento registraram uma briga entre o casal. Em seguida, o agressor é filmado retirando uma faca e golpeando a vítima no peito. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Em depoimento, o suspeito teria confessado o crime. Contou ainda que a briga começou porque ele não quis repassar o valor de R$ 600, recebidos do auxílio emergencial, para Evilane.

Em depoimento, ele confessou o crime, afirmando ter utilizado a faca encontrada no local. Foram apreendidas com o acusado as roupas que ele utilizou na ação delituosa, que serão encaminhadas para a perícia”, informou o delegado Cláudio Galeno, diretor da Divisão de Homicídios local.

De acordo com a família, o suspeito já teria agredido a vítima em outra ocasião. Ela deixa duas filhas.