Homem estupra menina e diz: ‘mais cedo ou mais tarde isso aconteceria’

(Foto: Divulgação)

Um pai descobriu que a filha, atualmente com 16 anos, era abusada sexualmente quando tinha apenas seis anos de idade. Atualmente a família mora em Cuiabá, mas os abusos aconteciam quando eles moravam no centro de município de Caarapó, no Mato Grosso do Sul.

Durante 10 anos, o pai não soube dos abusos. Porém, agora, a filha contou o caso a uma irmã da igreja que frequenta, que instruiu a adolescente a contar toda a verdade ao pai. O crime foi registrado em fevereiro deste ano.

A adolescente, então, revelou que o dono de um terreno que o pai alugava no Mato Grosso do Sul passava as mãos em suas partes íntimas quando ela tinha seis anos de idade, mostrava seu órgão genital para ela e a fazia tocar nele.

Quando a criança perguntava o motivo de o homem fazer isso com ela, ele alegava que mais cedo ou mais tarde essas coisas aconteceriam com ela – e que não era para ela contar nada para ninguém.

Indignação

Ao ouvir a filha, o pai ficou indignado com a atitude do dono do terreno, que aproveitava da ingenuidade da criança de apenas seis anos para praticar os abusos sexuais.

O pai procurou uma delegacia e registrou um boletim de ocorrência. O caso foi encaminhado para a Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica), que deverá ficar à frente das investigações.

Fonte: EM TEMPO