Homem é preso suspeito de estuprar filha deficiente intelectual desde 2016

Manaus – Um homem de 53 anos foi preso, na manhã desta segunda-feira (19), por volta de 8h, suspeito de abusar sexualmente da própria filha, uma mulher de 30 anos e que tem deficiência intelectual. A prisão aconteceu na casa do suspeito, no bairro Jorge Teixeira, zona leste da capital. A investigação do caso começou após a polícia receber denúncias de vizinhos.

De acordo o 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), responsável pela prisão do homem, os abusos contra a vítima aconteciam com frequência, desde 2016, quando ela e o irmão, de 17 anos, foram morar com o suposto abusador após a morte da mãe deles.

“Por meio de denúncias anônimas, pudemos ter a informação do estupro de vulnerável. Começamos a investigar a situação da vítima estava sendo abusada sexualmente pelo seu pai. Traçamos uma estratégia investigativa e solicitamos que a vítima realizasse exames periciais. Agradecemos, inclusive, a dra. Débora Mafra, que auxiliou no apoio à vítima”, disse Torquato Mozer, titular do 30º DIP.

A prisão temporária foi apresentada por estupro de vulnerável e, agora, ele segue para o Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde permanece à disposição da Justiça.