Grêmio e Corinthians empatam em jogo morno e com poucas chances

O jogo entre Grêmio e Corinthians era um dos que gerava maior expectativa na rodada do Campeonato Brasileiro. E decepcionou. Isso porque as equipes fizeram uma partida bem abaixo do esperado e, sem grandes oportunidades de gol, empataram em 0 a 0 na noite deste sábado em Porto Alegre.

O resultado acabou não sendo bom para nenhum dos dois times. Enquanto o Corinthians foi para 42 pontos e perdeu a chance de se aproximar dos líderes, o Grêmio subiu para 35, ainda fora da zona de classificação à próxima Libertadores. As duas equipes voltam à campo pelo torneio nacional já no meio de semana. Enquanto os gaúchos jogam na quarta contra o Ceará, os paulistas recebem o Athletico-PR na quinta-feira.

O jogo

Com muita força defensiva, o Corinthians apostou nos contra-ataques desde o início do jogo, deixando o Grêmio com a posse de bola na maior parte do tempo. No melhor momento do clube paulista na primeira etapa, Mateus Vital recebeu de Pedrinho e chutou na rede pelo lado de fora.

Pelo lado do time gaúcho, a maior posse de bola não resultou em grandes chances. A grande oportunidade foi aos 32. Maicon enfiou bela bola para Everton, que cruzou, obrigando Cássio a espalmar. A bola sobrou com André, que errou na hora do chute.

Na segunda etapa, o cenário não se modificou até que o argentino Boselli entrou e deu mais força ofensiva ao Corinthians. Aos 20, ele quase marcou de cabeça. Dois minutos mais tarde, foi Fagner quem perdeu boa chance.

O Grêmio voltou a assustar aos 26. Após erro de Sornoza, Everton carregou a bola a bateu, mas seu chute foi para fora.

A próxima boa chance do jogo foi apenas nos acréscimos. Após cobrança de escanteio da direita, Gil subiu mais que o defensores gremistas e mandou para fora, decretando o empate em 0 a 0.

GRÊMIO 0 x 0 CORINTHIANS

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Data-hora: 4 de outubro de 2019, às 19h

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (Fifa/RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)

Árbitro de vídeo: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Público e renda: 14.596 pagantes, 16.542 totais e R$ 554.822,00.

Cartões amarelos: Maicon, Matheus Henrique e Everton (GRE); Sornoza e Cássio (COR)

GRÊMIO: Paulo Victor; Léo Moura (Pepê, 33’/2º), David Braz, Kannemann e Cortez; Maicon (Thaciano, 29’/2ºT), Matheus Henrique, Alisson, Luan e Everton; André (D. Tardelli, 22’/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf; Pedrinho, Sornoza, Mateus Vital (42’/2ºT) e Clayson (Boselli, 17’/2ºT); Vagner Love (Jadson, 33’/2ºT). Técnico: Fábio Carille.