Governo Bolsonaro reduz publicidade na Globo e prioriza SBT e Record

Redação
1 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 7 Segundo

Relatório do TCU (Tribunal de Contas da União) indica que o governo do presidente Jair Bolsonaro destinou maiores percentuais de verbas publicitárias para a Record e o SBT – emissoras que não são líderes em audiência, mas que são consideradas aliadas ao Planalto – em comparação à TV Globo.

O TCU compilou os dados a partir de informações da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República) sobre os valores pagos, via agências de publicidade, para as 3 emissoras.

De acordo com o relatório, até o fim de 2018 a Globo recebia valores mais próximos da sua participação em audiência. Os dados de 2019 são parciais e foram compilados até 28 de junho.

Em 2017, ficou com 48,5% dos recursos. Em 2018, com 39,1%. Neste ano foi para 16,3%.

Já os percentuais das duas outras emissoras cresceram. Os da Record foram de 26,6%, em 2017, para 31,1% em 2018 e 42,6% em 2019. No mesmo período, os do SBT cresceram de 24,8% (2017), para 29,6% (2018) e 41% (2019).

Bolsonaro é crítico à TV Globo desde a campanha nas eleições de 2018. No fim de outubro, depois de ser citado em uma reportagem sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (Psol), no Jornal Nacional, fez uma live no Facebook e chamou a a Globo de “podre, canalha”.

Happy
Happy
0
Sad
Sad
0
Excited
Excited
0
Sleppy
Sleppy
0
Angry
Angry
0
Surprise
Surprise
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Defesa de Mayc vai entrar hoje com habeas corpus no TJ-AM

Manaus – Alegou o advogado Josemar Bercot Júnior: “Ele só está preso porque o fato foi na casa do enteado do prefeito”. Mayc está cumprindo prisão temporária pelo envolvimento na morte do engenheiro Flávio Rodrigues. A defesa de Mayc Vinícius Parede, 37 anos, vai entrar hoje com o pedido de […]

Obrigado pela visita!