Fortaleza 1 x 2 Flamengo: Mengão sofre com desfalques, mas arranca virada no fim do jogo

Flamengo fez uma atuação digna de líder do Campeonato Brasileiro. Com muitos desfalques e abaixo do próprio padrão ofensivo, o Rubro-Negro sofreu nesta quarta-feira (16), no Castelão, mas conseguiu uma vitória heróica sobre o Fortaleza, por 2 a 1, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jovem Reinier fez o gol da vitória aos 44 minutos do segundo tempo.

A equipe do técnico Jorge Jesus é a líder da competição, com 61 pontos. Do outro lado, o time dirigido por Rogério Ceni, que estava suspenso e ficou só nas tribunas, terminou a partida na 15ª posição, com 28 pontos.

Arrascaeta, Filipe Luís, Rafinha, Diego, Berrío e Lincoln estavam todos lesionados. Além deles, Bruno Henrique e Everton Ribeiro estavam suspensos. Bem por isso, o futebol envolvente das últimas rodadas não foi o mesmo.

Mas a primeira polêmica da vez foi aos 12 minutos do segundo tempo. Tinga fez o cruzamento e a bola bateu no braço de Pablo Marí — o zagueiro estaria fora da área, mas com o braço dentro dela. O árbitro Paulo Roberto Alves Junior confirmou a decisão apesar da demora no VAR. Na cobrança, Bruno Melo bateu no alto e não deu chances para Diego Alves.

Já aos 33 minutos, mais polêmica, desta vez, com um pouco mais de atraso do VAR. Quintero teria colocado a mão na bola, em disputa com Rodrigo Caio.  Na bola, gol do Gabigol e a sua tradicional comemoração com os braços mostrando a sua força.

Nos minutos finais, depois de muita confusão na área do Fortaleza, a bola sobrou para o jovem Reinier marcar. O atacante, que foi dispensado da seleção brasileira sub-17, cabeceou sem chances para o goleiro Felipe Alves.

O próximo compromisso do Fortaleza contra o Grêmio, também no Castelão, no sábado. No dia seguinte, o Flamengo terá pela frente o clássico contra o Flamengo, no Maracanã, pela 27ª rodada do Brasileirão.

FORTALEZA X FLAMENGO

Estádio: Castelão, em Fortaleza (CE)

Data-hora: 16 de outubro de 2019, às 20h

Árbitro: Paulo Roberto Alves Junior (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Árbitro de vídeo: Wagner Reway (Fifa/PB)

Público/renda: 50.101 presentes / R$ 1.716.409,00

Cartão amarelo: João Lucas, Gabriel (Flamengo) / Nenê Bonilha (Fortaleza)

GOL: Bruno Melo 15′ 2°T (1-0) Gabigol 37′ 2°T (1-1) Reinier 44′ 2°T (1-2)

FORTALEZA: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Araruna e Nenê (Juninho 23’2°T); Marlon, Felipe Pires, Kieza e André Luís (Edinho 44’1°T). Técnico: Charles Hemberti.

FLAMENGO: Diego Alves; João Lucas, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Renê; Arão, Gerson (Vitor Gabriel – Intervalo) e Reinier; Lucas Silva (Piris da Motta 15′ 1°T), Vitinho e Gabigol. Técnico: Jorge Jesus.