Festival de Parintins está confirmado para os dias 6, 7 e 8 de novembro

Parintins – O Festival Folclórico de Parintins foi confirmado para os dias 6,7 e 8 de novembro. O evento, que normalmente ocorre no último fim de semana de junho, foi adiado devido à pandemia de covid-19 no Amazonas, mas já recebeu nova data, divulgada nesta sexta-feira (10).

A informação foi divulgada pelas Associações Folclóricas Boi-Bumbá Garantido e Caprichoso, que especificaram os cuidados que serão adotados no evento. Aberto ao público, o Festival Folclórico de Parintins irá contar com protocolos de segurança sanitária que envolvem aferição de temperatura, disponibilidade de álcool em gel e distribuição de máscaras para todas as pessoas.

Os ingressos distribuídos anteriormente valerão para a nova data. Quem solicitou reembolso poderá adquirir novos ingressos através do site www.festivaldeparintins.com.br.

Realização do Festival

O Governo do Estado do Amazonas ainda não se pronunciou sobre a nova data do festival. Anteriormente, o governador Wilson Lima (PSC) demostrou cautela ao citar assunto.

‘‘Nós precisamos entender que o festival é folclórico e histórico, mas as pessoas precisam ser protegidas. Não sabemos como será a pandemia nos próximos meses e anos. Vamos conversar com os bois para construir uma proposta para o melhor da ilha de Parintins e as pessoas que esperam a festa’’, afirmou o governador ao ser questionado sobre o assunto anteriormente.

No entanto, ambas as associações se uniram para defender a realização do Festival Folclórico de Parintins, afirmando ser crucial para a economia do Amazonas.

Na ocasião, o Garantido emitiu nota através das redes sociais. “O Festival é muito importante para nós, pois ele não é uma festa ou um evento qualquer. Ele é uma das principais fontes de renda para Parintins. Ano passado, o festival gerou mais de 10 mil empregos. Com isso fica claro que ele é importante para reativar a economia’’, afirmou Jender Lobato, presidente do Caprichoso.

A nota data aposta na amenização da pandemia no estado até o evento. ‘’É claro que, estando marcada a nova data e se os riscos da pandemia continuarem, ninguém, em sã consciência, seria irresponsável de insistir na realização do evento e, certamente, nesse sentido, prevalecerá o bom senso de todos, das associações dos bumbás Garantido e Caprichoso e, claro, da própria comunidade parintinense.”