Portal Amazon News

Conecta você à notícia

1 0

Manaus – A polícia militar acabou com a festa de envolvidos na tentativa de assalto ocorrido na quinta-feira (5) em que o cabo polícia militar Jackson Cézar foi baleado, em uma loja de departamento, na Avenida Grande Circular, zona leste de Manaus.

Rayssa, de 23 anos foi presa na Rua Preciosa, bairro Jorge Teixeira, ela aparece nas imagens gravadas pelas câmera de segurança da loja, acompanhada da atirador, vulgo “Bocão”.

Outras três pessoas, que não tiveram suas identidades reveladas, foram presas em outro ponto do bairro, durante uma comemoração, regada com churrasco e bebidas. De acordo com a polícia, o motivo da festa seria a ação criminosa realizada por “Bocão”.

A equipe da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) recebeu uma denúncia anônima, que informava o paradeiro dos suspeitos. “Após a prisão da Rayssa, ela informou que teria uma comemoração pela parte dos traficantes porque conseguiram vitimizar um polícia militar”, explicou o capitão Soeiro.

A polícia militar apreendeu cerca de R$1,000, um quilo de droga, balança de precisão, bebidas alcoólicas, energéticos e picanha. Todo material estava sendo preparado para a comemoração.

No dia da tentativa de assalto, a Rayssa entrou na loja de mãos dadas com o criminoso, após ele atirar contra o policial, ele fugiu e ela correu logo em seguida e se escondeu da polícia. A suspeita já possui passagem por e envolvimento em um latrocínio, registrado na zona leste da cidade.

O grupo foi apresentado no 14º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A polícia militar realizará buscas para localizar o autor dos disparos.

O cabo da PM foi atingido com cinco tiros, passou por cirurgia e seu estado de saúde, segundo a equipe policial, é grave. A vítima está internada no Hospital e Pronto-socorro Platão Araújo.

Veja o momento em que o Policial Militar é baleado:

Publicado por: David Richard

Happy
Haha
1
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0