Em sua 46ª edição, escola da rede pública estadual promove tradicional Festival Folclórico Marquesiano

Redação
0 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 15 Segundo

Manaus – A Escola Estadual de Tempo Integral Marquês de Santa Cruz, localizada no bairro São Raimundo, dará início nesta quinta-feira (14) à 46ª edição do Festival Folclórico Marquesiano, que desenvolve atividades artísticas e culturais, tendo como principal objetivo o resgate de valores e tradições da cultura local, buscando atuar no fortalecimento das identidades culturais da região.

Neste ano, o festival folclórico terá como tema “Ame a natureza e a cultura popular” e contará com apresentações de mais de vinte grupos de dança,30 além dos grupos que farão participações especiais.

A programação será marcada por apresentações das escolas Marquês de Santa Cruz, Olavo Bilac, São Luiz Gonzaga, Pedro Silvestre, além dos seguintes grupos: Companhia Independente Artística Alpha Dance; Quadrilha Olinda na Roça; Grupo de Dança XV de Outubro; Grupo Folclórico Café do Ajuricaba; Dança Nordestina Virgulino Lampião; Associação Folclórica e Cultural Quadrilha Junina Caipira na Roça; entre outros.

A abertura do evento será realizada às 19h, no Campo da Amizade, localizado na área da Paróquia de São Raimundo Nonato, no bairro São Raimundo, Zona Oeste de Manaus. A programação se estende até o próximo domingo, dia 17, sempre às 20h.

Com entrada franca, a direção da escola Marquês de Santa Cruz informa que haverá venda de mesas, ao valor de R$ 40. Os interessados devem adquirir as mesas nos respectivos dias em que o festival for realizado.

Premiação

Durante as apresentações, os grupos serão avaliados por uma comissão julgadora e serão premiados com troféus nas categorias regional, nacional e internacional.

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Sema realiza implementação do protocolo mínimo de monitoramento da biodiversidade e abertura da terceira trilha, na RDS Uatumã

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por intermédio do Departamento de Mudanças Climáticas e Gestão de Unidades de Conservação (Demuc), iniciou, na última terça-feira (12/06), na Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Uatumã, nos municípios de São Sebastião do Uatumã (distante 247 quilômetros de Manaus) e Itapiranga (227 quilômetros), […]