Portal Amazon News

Conecta você à notícia

0 0

Manaus – Joabson Agostinho Gomes e Jordana Azevedo Freire, voltaram a ser presos na manhã desta quarta-feira(9) por envolvimento na morte do sargento Lucas Ramon Silva Guimarães, que tinha 29 anos. O crime ocorreu no dia 1° de setembro de 2021, no bairro Praça 14 de Janeiro, zona sul de Manaus.

Além do casal, duas pessoas identificadas Romário Vinente Bentes e Kamylla Tavares da Silva também foram presos pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) durante a terceira fase da Operação Lucas 8:17 que prendeu os envolvidos na morte do sargento do Exército Brasileiro (EB).

Foto: Divulgação

Romário Vinente Bentes é o gerente geral do estabelecimento comercial do empresário suspeito de encomendar a morte de Lucas.

VEJA TAMBÉM: Dono do Supermercado Vitória é suspeito de mandar matar sargento do Exército e está foragido

Um dos suspeitos de assassinar, Silas Ferreira da Silva, já havia sido preso em novembro de 2021. Silas é a pessoa que aparece nas imagens registrada por uma câmera de segurança, entrando em uma cafeteria, no bairro Praça 14 e atirando contra o sargento. O crime aconteceu no dia 1° de setembro no ano de 2021.

Publicado por: David Richard

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0