Dois homens assaltam ambulância e levam equipamentos médicos

Dois homens invadiram uma base do Samu (Serviço Ambulatorial Móvel de Urgência) no bairro de Santana, em São Paulo, na noite de sexta-feira (12).

Os suspeitos foram a um posto de saúde na zona norte, onde estava uma ambulância do Samu, abordaram o motorista, que estava sozinho, e exigiram um médico.

Segundo a PM (Polícia Militar), o motorista falou que não estava acompanhado de nenhum médico, então a dupla o rendeu na ambulância e fizeram o funcionário de refém. Os homens obrigaram o rapaz a ir até a base do Samu, na rua Voluntários da Pátria.

No local, os seguranças foram rendidos e, mais uma vez, os suspeitos exigiram ver um médico. Neste momento, o profissional estava no banheiro e os funcionários disseram que ele não estava na base.

Os suspeitos fugiram com uma viatura roubada, que estava equipada com aparelhos médicos.

Com a segunda unidade móvel, a dupla fugiu fazendo outro motorista de refém. O rapaz e o veículo foram abandonados em seguida, mas ainda não há informações do local exato em que foram localizadas.

Aparelhos que estavam dentro da viatura, como um respirador, um sino de oxigênio, um desfibrilador e maletas de medicação, foram levados.

De acordo com a Polícia Civil, os suspeitos ainda não foram identificados e as vítimas foram ouvidas pelo delegado que conduzirá as investigações. As duas ambulâncias envolvidas no assalto foram levadas para a delegacia para perícia.

A reportagem aguarda nota da Prefeitura de São Paulo e do Ministério da Saúde sobre o assalto. O caso foi registrado no 13º DP da Casa Verde.