Detran Amazonas autua 223 veículos com escapamento ‘barulhento’

(Foto: Divulgação)

Manaus – Neste ano, o Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) já multou 223 condutores por dirigir veículos com a chamada descarga livre ou escapamento esportivo, conhecidos como torbal, o que é proibido pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

A proibição está no inciso X do artigo 230 do CTB, que define como infração grave conduzir o veículo com descarga livre ou com silenciador do motor de explosão defeituoso, deficiente ou inoperante.

Os veículos pegos nessa situação ficam retidos até regularização, e o condutor acaba multado em R$ 195,23 e perde cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O ruído do escapamento modificado dos veículos é facilmente identificado nas blitze. Os agentes do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) também verificam a ausência do equipamento que filtra a emissão dos gases, conhecido como catalisador.

Segundo o coordenador de operações do Neot, a maior incidência de descarga livre e de uso de escapamento esportivo acontece em motocicletas. Além de incomodar as pessoas com o barulho, a descarga esportiva ou a ausência de silenciador, aumenta a emissão de gases nocivos ao meio ambiente, explicou Arthur Francisco.

Nos seis primeiros meses do ano passado o Detran-AM autuou 288 motoristas pela infração. Este ano, no mesmo período, o número foi 29% menor. As apreensões envolvem não apenas motocicletas, mas carros e caminhões.