Portal Amazon News

Conecta você à notícia

0 0

Manaus – Na manhã da última sexta-feira (22/2), por volta das 10h30, no município de Urucará, mandado de prisão preventiva por tráfico de drogas em nome de Maik Dhiony da Silva Pontes, 35.

De acordo com o delegado Jorge Costa, Maik Dhiony comandava o tráfico de drogas no bairro do Cafezal, em Urucará. A autoridade policial ressaltou que o infrator foi preso no endereço supracitado, em cumprimento à ordem judicial expedida no dia 21 de fevereiro deste ano, pelo juiz James de Oliveira Santos, da Vara Única da Comarca de Urucará.

“Ao longo das diligências para o cumprimento do mandado de prisão em nome dele, recebemos o apoio da equipe da 44ª DIP, de São Sebastião do Uatumã. Iniciamos as buscas após recebermos a informação de que Maik teria se refugiado na casa de parentes em São Sebastião do Uatumã, porém ele já havia retornado para Urucará, onde efetuamos a prisão dele”, explicou Costa.

Desdobramento –  Segundo o delegado, no dia 30 de dezembro de 2018 quatro integrantes da família de Maik foram presos, em flagrante, por tráfico de drogas. O fato ocorreu na casa de Maik, situada no bairro Cafezal. A companheira, a irmã, o sobrinho, o cunhado e a pessoa de confiança de Maik, respectivamente Nilciene Correa Simões, 25; a agricultora Eliane da Silva Pontes, 38; o ajudante de pedreiro Cristiano Pinto de Andrade, 21; o autônomo Agnaldo Ribeiro da Silva, 22; e Antônio José Ribeiro de Lima, 20, conhecido como “Buiú”, foram presos e dois adolescentes, de 16 e 17 anos, apreendidos durante a ação.

Com o grupo os policiais civis encontraram um rifle calibre 44, uma munição do mesmo calibre, 238 porções de oxi, uma pequena quantidade de pasta base de cocaína, 24 aparelhos celulares, 14 relógios, uma balança de precisão digital, facas, tesouras e R$ 712 em espécie, provenientes da prática ilícita. Na ocasião, Maik conseguiu empreender fuga.

“Após essa ação, constatamos que Jonison Gonzaga da Silva, 32, que já cumpre pena na delegacia de Urucará, articulava o tráfico de drogas de dentro da unidade policial, que funciona como unidade prisional no lugar. No entanto, quem liderava era Maik, que estava foragido. Quatro dos infratores presos no dia 30 de dezembro de 2018 permanecem na carceragem da delegacia, enquanto Nilciene cumpre pena em regime domiciliar”, informou Costa.

Indiciamento – Maik foi indiciado por tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis, ele será conduzido à carceragem da 45ª DIP, onde irá ficar à disposição da Justiça.

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0