Coreia do Norte lança dois mísseis balísticos no mar do Japão

Redação
1 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 23 Segundo

A Coreia do Norte lançou dois mísseis balísticos em direção ao mar, entre a península coreana e o Japão, nesta quarta-feira (24), de acordo com uma avaliação da inteligência dos Estados Unidos, disse um membro do governo norte-americano.
A comunidade militar e de inteligência dos EUA ainda está analisando os dados do lançamento de teste para determinar que tipo de míssil foi disparado e até onde ele foi.

Não se sabe ainda se os mísseis eram de curto, médio ou longo alcance, como um míssil balístico intercontinental (ICBM).

Os Estados Unidos rastreiam todos os testes de armas norte-coreanos por meio de radar e satélites. Os satélites dos EUA são capazes de detectar sinais de calor de um lançamento de míssil quase que imediatamente.

No início do dia, o sul-coreano Joint Chiefs disse a repórteres que a Coréia do Norte havia lançado um projétil não identificado em direção ao mar entre a península coreana e o Japão.

A Guarda Costeira japonesa alertou os navios para ficarem atentos a destroços caindo.

Lançamentos testes

A Coreia do Norte realizou seu primeiro teste de armas nucleares desde que o presidente Joe Biden assumiu o cargo, de acordo com três autoridades norte-americanas. No último fim de semana, houve o lançamento de dois projéteis em uma ação que funcionários do alto escalão minimizaram como estando “na extremidade inferior do espectro” de atitudes provocativas que o regime poderia realizar.

O teste era amplamente esperado, já que autoridades e especialistas previam há muito tempo que o líder norte-coreano Kim Jong Un tentaria enviar uma mensagem ao governo Biden sobre a importância do país na região.

Publicado por: David Richard

 

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Endividado também tem direitos; saiba o que empresas de cobrança não podem fazer

Ter dívidas para pagar pode ser bastante estressante. E os métodos de cobrança usados por algumas empresas e instituições financeiras, diversas vezes abusivo, pode tornar essa situação ainda pior. Por maior que seja a dívida, o endividado tem direitos que devem ser respeitados. Pensando nisso, os especialistas do Instituto de Defesa […]