Brasil soma 14 casos de coronavírus após mais uma confirmação de infecção

Brasil – Na noite desta sexta-feira (6), foi confirmado o 14º caso de infecção pelo SARS-CoV2 (novo coronavírus que causa a doença covid-19). Trata-se de um paciente com histórico de viagem internacional e que foi testado positivo no estado do Rio de Janeiro.

É o segundo caso confirmado da doença no estado do Rio em pouco mais de 24 horas. São Paulo tem 10 infectados (incluindo uma adolescente assintomática). Bahia e Espírito Santo têm um caso cada.

Os dois únicos pacientes que não têm histórico de viagem ao exterior vivem em São Paulo e são parentes do primeiro caso diagnosticado com covid-19 no país: um empresário de 61 anos, que apresentou sintomas após retomar da Itália.

O Ministério da Saúde aguarda o exame de contraprova de uma mulher de 53 anos, que testou positivo para SARS-CoV2 em um laboratório particular no Distrito Federal, onde está internada. Se validado pelo Instituto Adolfo Lutz, será o 15º caso no Brasil.

Casos monitorados

A pasta ainda monitora 768 casos suspeitos. Outros 480 já foram descartados.

Em ao menos 88 países, são mais de 100 mil infectados pelo SARS-CoV2 — cerca de 80% na China, epicentro da epidemia. Coreia do Sul, Irã e Itália também possuem alto número de casos.

O Ministério da Saúde passa a considerar caso suspeito todo viajante procedente da América do Norte, Europa, Ásia ou da Austrália que apresente febre e sintomas respiratórios. Isso põe fim à lista de 36 países que era usada até então.

“Nós chegamos agora a uma fase em que a orientação de fazer nexo com país de transmissão, para um país como o Brasil, não há mais porque manter essa orientação da Organização Mundial da Saúde”, afirmou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

“São 14 estados que têm voo internacional. São 198 voos internacionais por dia, são 43 mil pessoas por dia que chegam de voos internacionais — 30 mil são brasileiros e 13 mil são estrangeiros, na média. […] A gente não vai mais pedir que as pessoas façam nexo por país”, acrescentou.