Bolsonaro: esquerda quer usar morte de Marielle em causa própria

Redação
1 0
Tempo de leitura:1 Minuto, 0 Segundo

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (21) que a esquerda parece querer usar o assassinato da ex-vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Franco “em causa própria”. “Parece que para a esquerda não interessa resolver o caso Marielle. Interessa continuar usando a morte dela em causa própria”, disse.

O presidente questionou ainda se querem ligar a sua família ao caso. “Agora o Carlos Bolsonaro que é o responsável, pô?! Que que os caras querem? Ligar a família ao caso Marielle? Qual é a intenção?”, afirmou.

Segundo a Rádio CBN, a Polícia Civil do Rio de Janeiro trabalha com a hipótese de envolvimento do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), um dos filhos do presidente, na morte de Marielle e do motorista.

“Eu, por exemplo, alguém me viu uma vez conversando com a Marielle? Não conversei por falta de oportunidade, se tivesse teria conversado com ela”, disse Bolsonaro.

Mudando de assunto, o presidente voltou a citar investigações sobre Adélio Bispo, autor facada contra ele durante a campanha eleitoral de 2018. “O caso mais importante vocês não perguntam. O caso Adélio, então filiado ao PSOL. Eu não faço acusações infundadas contra o PSOL. Querem desviar o foco de atenção”, disse.

Happy
Happy
0
Sad
Sad
0
Excited
Excited
0
Sleepy
Sleepy
0
Angry
Angry
0
Surprise
Surprise
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Galvão Bueno passa mal, é hospitalizado e não narrará final da Libertadores

O narrador Galvão Bueno, de 69 anos, teve um mal-estar na manhã desta quinta-feira (21), em Lima, no Peru, e foi internado às pressas. Ele teve de passar por um cateterismo. O procedimento vai desobstruir uma das artérias de seu coração. O jornalista está acompanhado da mulher Desiree Galvão e […]

Obrigado pela visita!