Black Friday: saiba como se proteger de golpes em compras online

Redação
0 0
Tempo de leitura:3 Minuto, 0 Segundo

Publicado por: David Richard

A próxima edição da Black Friday está chegando. A data é uma das principais do varejo e de acordo com Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) e pela consultoria Ebit/Nielsen, o evento deve movimentar este R$ 6,9 bilhões, atingindo um crescimento de 77% nas vendas em relação a 2019. Esse crescimento se dá, principalmente devido as mudanças no comportamento do consumidor causadas pela crise da Covid-19, que levaram a um aumento significativo das compras por meio de plataformas digitais.

Segundo Lucas Vieira, gerente de produto da Soluti, a Black Friday traz muitas expectativas, mas também muitos desafios e riscos. Afinal, com o aumento no fluxo de informações on-line, crescem também as ameaças de ataques de criminosos, fraudes e golpes cujos objetivos incluem o roubo de informações pessoais e dados de pagamento. Confira abaixo algumas dicas que o especialista separou para que consumidores possam aproveitar a Black Friday de maneira segura:

1 – Lei Geral de proteção de dados

Este ano, uma das principais mudanças é a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD, que prevê proteção integral aos dados pessoais de todo cidadão que esteja no Brasil. Por isso, é importante verificar se a loja em que se está realizando a compra atende aos critérios exigidos na lei para garantir a confiabilidade e integridade de suas informações pessoais e bancárias. O site precisa possuir um termo de consentimento visível e deixar bem descrito nas promoções e contratos quem e como esses dados são armazenados e utilizados.

2- Saiba se o site é real e seguro

Com o aumento da migração de serviços para o ambiente digital, há também um crescimento em golpes que envolvem sites e e-commerces falsos. O primeiro passo é saber se o site possui um Certificado Digital SSL, que identifica e protege as informações, criptografando-as no tráfego entre o computador do visitante e o servidor onde o website está hospedado. Além disso, é importante verificar a reputação do site no Procon e sites confiáveis, como Buscapé e Reclame Aqui ou através da pesquisa de histórico de preços sobre aquele produto.

3 – Garanta o recebimento do produto

Para garantir o recebibemto de seu produto é preciso comprar em um estabelecimento de confiança. Novamente, a pesquisa de reputação e histórico de preços são as principais ferramentas para evitar cair em um golpe. Outras fontes de informação como sites de reclamação e até mesmo fóruns de usuários com opiniões positivas e negativas, auxiliam o consumidor no momento de realizar a compra.

Além disso, é importante que o usuário observe se o portal disponibiliza canais de relacionamento com o cliente e uma política de troca. Caso se sinta lesado, todas as compras, sejam em loja física ou virtual são regidas pelo código de defesa do consumidor.

4- Tenha um antivírus instalado e ativo nos dispositivos

Ter um bom antivírus instalado em seu computador ou dispositivo móvel por onde você fará as compras online, ajuda a detectar sites que contenham arquivos maliciosos, vírus, malwares ou indicação de riscos de ataques de hackers. Por isso, é importante sempre mantê-lo atualizado. Hoje há no mercado diversos programas com versões de testes gratuitas e de assinatura. Podemos sugerir o antivírus Kaspersky, por exemplo.

5. Cuidado com os e-mails promocionais

Especialmente em períodos de datas comemorativas, é comum a tentativa de ataques de cibercriminosos por meio de e-mails spam com a promoções e descontos. Por isso, é sempre indicado que o consumidor veja diretamente no site da loja e evite clicar nos links dessas mensagens, que em muitos casos são falsos e parte de golpes.

Happy
Haha
0
Sad
Triste
0
Excited
Amei
0
Sleepy
Tédio
0
Angry
Raiva
0
Surprise
Uau
0
PRÓXIMA PUBLICAÇÃO

Hóspede de hotel morre eletrocutado em telhado no Centro de Manaus

Publicado por: David Richard MANAUS | Um homem identificado como Lucas Silva Cristino, de 27 anos, foi encontrado morto, na manhã deste sábado (14), no telhado de um hotel, localizado na rua Lobo D’almada, no Centro de Manaus. Uma recepcionista, que pediu para não ser identificada, contou que a vítima […]