Baleada pelo ex, jovem “ressuscita” após morte cerebral atestada

A jovem Karina Souto Rocha, de 29 anos, foi baleada pelo ex-namorado por se recusar a reatar o relacionamento. Ela teve morte cerebral, mas reagiu no momento em que os aparelhos seriam desligados.

Karina estava internada no Hospital Municipal de Barra do Garças-MT. Nesta segunda-feira (4), após a ordem de desligamento, uma enfermeira entrou no quarto e viu a paciente mexer a mão.

Ela foi atingida por tiros no final de semana, de acordo com a polícia. Baltazar Augusto Menezes, de 58 anos, atirou duas vezes na ex e, em seguida, disparou contra a própria cabeça. Ele morreu.

O caso foi registrado como tentativa de homicídio e suicídio.

Crime

Karina estava com um grupo de amigos nos fundos de uma casa de uma amiga, no bairro Santa Mônica, em Nova Xavantina-MT.

VEJA TAMBÉM: Jovem se nega a reatar namoro e é baleada no rosto pelo ex

Testemunhas contaram à polícia que Baltazar foi até a residência e começou uma discussão com a ex-namorada a respeito do fim do relacionamento. O homem queria que ela voltasse a namorar com ele.

Ao ter o pedido negado, Baltazar pediu a Karina devolvesse um colar que ele havia dado de presente. A jovem entregou o objeto, e então o homem foi até o carro para guardá-lo. Ao retornar, estava com uma arma e cometeu o crime.