Adail Pinheiro Filho se entrega após ser considerado foragido

Manaus – Prefeito de Coari, Adail Pinheiro Filho se entrega na sede do Ministério Público do Amazonas (MPAM), após ser considerado foragido. Ele é um dos alvos da Operação Patrinus, deflagrada na manhã desta quinta-feira (26).

A operação cumpriu mandados de busca e apreensão contra secretários municipais, vereadores, empresários de Coari e Manaus, além da deputada estadual Mayara Pinheiro e do Prefeito Adail Filho, todos envolvidos num esquema criminoso, operado em forma de organização criminosa, criada para fraudar licitações, lavar dinheiro e corromper a estrutura de poder do município.

VEJA TAMBÉM: TV Record mostra para o Brasil esquema de corrupção na Prefeitura de Coari; assista

O esquema foi denunciado pelo programa ‘Câmera Record’ da TV Record, em agosto deste ano.

Operação

O nome da operação (Patrinus), do latim, significa ‘padrinho’ e se justifica porque as contratações e os pagamentos da prefeitura municipal de Coari eram realizados mediante o auxílio de amigos influentes do chefe do Poder Executivo municipal.

Foram expedidos 04 mandados de prisão temporária e 70 mandados de busca pessoal e de busca e apreensão, cumpridos em domicílios, órgãos públicos e em sedes de empresas, na cidade de Manaus e Coari ao mesmo tempo. A operação contou com a atuação de quatro Promotores de Justiça e mais de 160 policiais, além de quatro técnicos da Controladoria-Geral da União (CGU), e contou com a força policial cedida pela Delegacia-Geral da Polícia Civil do Estado do Amazonas.

Fonte: D24am